A Sequoia Logística e Transportes estreou na Bolsa de Valores brasileira, a B3, com uma Oferta Pública Inicial (IPO) que captou R$ 1 bilhão.


Foram oferecidas 73.053.053 ações ordinárias próprias e de acionistas por R$ 12,40 na oferta pública de distribuição primária e secundária.


A transação, concluída em 10 de novembro, teve a assessoria do escritório Milbank LLP (Estados Unidos e Brasil), em questões de mercado de capitais, impostos e investimentos alternativos. A firma também atuou pela WP XI C Fundo de Investimento em Participações Multiestratégia, Fram Capital Sherman Fundo de Investimento em Participações Multiestratégia e Fram Capital Sherman II Fundo de Investimento em Participações Multiestratégia (acionistas vendedores). A firma apoiou outras empresas brasileiras, como Petz e Soma, em operações semelhantes realizadas este ano.


Machado Meyer Advogados (São Paulo e Belo Horizonte) também representou o emissor e os acionistas vendedores na obtenção do registro de companhia aberta na Comissão de Valores Mobiliários (CVM).


Pinheiro Neto Advogados (São Paulo) assessorou o Banco BTG Pactual, o Banco Santander (Brasil), o Banco Morgan Stanley e o Banco ABC Brasil como coordenadores da oferta local.


Soubemos que a White & Case auxiliou o BTG Pactual US Capital, o Santander Investment Securities e o Morgan Stanley como agentes da oferta internacional, mas a firma não respondeu aos nossos pedidos de informações.


Machado Meyer destacou que o preço da ação para o IPO foi definido em um momento de grande volatilidade no mercado brasileiro, marcado pela pandemia da Covid-19.
Em 7 de outubro, a B3 deu as boas-vindas à empresa, cujas ações estão listadas no segmento do Novo Mercado com o código SEQL3.


Com os recursos obtidos, a empresa pretende se expandir por meio de aquisições de empresas nas áreas de logística, transporte e tecnologia; otimizar sua estrutura de capital e investir em automação logística e novas tecnologias.


Controlada pela empresa americana de private equity Warburg Pincus, a Sequoia é uma operadora de comércio eletrônico e tecnologia. A companhia oferece serviços de logística integrada e gestão de estoque e distribuição e é considerada a única empresa integrada no setor de varejo e e-commerce no Brasil.



Assessores jurídicos

Assessores da Sequoia Logística e Transportes S.A., WP XI C Fundo de Investimento em Participações Multiestratégia, Fram Capital Sherman Fundo de Investimento em Participações Multiestratégia e Fram Capital Sherman II Fundo de Investimento em Participações Multiestratégia:

 

  • Milbank LLP - Estados Unidos (Nova York): sócios Andrew R. Walker e Catherine Leef Martin. Associados David G. Hanno, Grace Nealon e Megha Kalbag.
  • Milbank - Brasil LLP (São Paulo): sócia Fabiana Y. Sakai. Associado Pedro Silva.

 

Assessores do Banco BTG Pactual S.A., Banco Santander (Brasil) S.A., Banco Morgan Stanley S.A. e Banco ABC Brasil S.A.:

 

  • Pinheiro Neto Advogados (São Paulo): sócios José Luiz Homem de Mello e Fernando S. Dos Santos Zorzo. Associado Gustavo Ferrari Chauffaille e Fernão Mesquita.
  • Assistentes legais Letícia Fonseca Marcondes Venâncio e Nicole Rocha.

 

Assessores do BTG Pactual US Capital, LLC, Santander Investment Securities Inc. e Morgan Stanley & Co. LLC:

 

  • White & Case: **A firma não respondeu nossos pedidos de informação.

 

Jornalista: ROJAS, Ingrid

(LexLatin - 18.11.2020)