Especialista em direito societário, governança corporativa, reestruturações, contencioso societário envolvendo processos administrativos perante a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), ofertas públicas, fusões e aquisições envolvendo empresas de capital aberto e planejamento de sucessão. Sua atuação se concentra principalmente em transações complexas e fusões e aquisições envolvendo empresas de capital aberto. É especialista também em leis regulatórias e regulamentações emitidas pela CVM. Seu trabalho abrange ainda a assessoria sobre atos societários cotidianos e transações corporativas complexas envolvendo empresas de capital aberto e fechado, apoio às áreas de relações com investidores de empresas de capital aberto em suas obrigações periódicas e eventuais perante a CVM, preparação de defesas em processos administrativos e sancionadores iniciados pela CVM, análise e sugestão de estruturas para melhorar a governança corporativa das empresas, estruturação e condução de processos de ofertas públicas, revisão de contratos e implementação de transações de M&A, revisão de acordos de acionistas, estruturação e implementação de procedimentos de reorganização societária e proteção sucessória e patrimonial de indivíduos.

Associações

Ordem dos Advogados do Brasil

Reconhecimentos recentes

Atuou na operação de aquisição da GVT pela Telefônica, vencedora do Global Legal Awards da publicação The American Lawyer, na categoria Global M&A Deal of the Year: Latin America, em 2015.
Reconhecido como “notable practitioner” pelo guia IFLR1000, edição 2018.
Ranqueada pela Análise 500 em 2018 entre os advogados mais admirados pela categoria "Química e Petroquímica"

Formação acadêmica

London School of Economics and Political Science, Inglaterra – Master in Laws (LL.M.) em Corporate and Commercial Law, 2007.
Fundação Getulio Vargas, Brasil (Especialização em “Direito Societário e Mercado de Capitais”, 2003).
Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ (Bacharelado em Direito, 2001).

Outras qualificações

Publicação de artigos: - Freitas, Clarissa Figueiredo de Souza. Os Poderes do Conselho de Administração para Impedir Medidas Defensivas contra Ofertas Hostis no Direito Comparado e na Legislação Brasileira.
Revista de Direito Mercantil, Industrial, Econômico e Financeiro n. 159/160.
Rio de Janeiro: Malheiros, 2011, p. 127-141 - Freitas, Clarissa Figueiredo de Souza e Saiani, José Samurai.
Mergers and Acquisitions in Brazil. Mergers and Acquisitions: Jurisdictional Comparisons. London: Sweet&Maxwell, 2012, p. 35-52 - Freitas, Clarissa Figueiredo de Souza e Fini, Raissa. Legislação é Incompleta ao Tratar de Nova Oferta Pública de Ações. Disponível em www.conjur.com.br. Data de acesso: 08 de novembro de 2015 - Freitas, Clarissa Figueiredo de Souza. Los Desafíos De Importar Conceptos Del Derecho Anglosajón En Contratos De M&A Regidos Por La Legislación Brasileña. Fusiones e Adquisiciones. Organizador: Carlos Alberto Soto Coaguila. Lima: Instituto Pacifico, 2015.
Freitas, Clarissa Figueiredo de Souza e Sherique, Elie Jaques. Contratos de Compra e Venda e Investimentos – 1ª parte in Brasil M&A: guia para fusões e aquisições de empresas brasileiras. Organizador: Siqueira, Marcelo. Rio de Janeiro: Donnelley Financial Solutions do Brasil Ltda, 2017.
Freitas, Clarissa Figueiredo de Souza, Pallis, Adriana e Penteado, Arthur B. Aspectos Regulatórios in Brasil M&A: guia para fusões e aquisições de empresas brasileiras. Organizador: Siqueira, Marcelo. Rio de Janeiro: Donnelley Financial Solutions do Brasil Ltda., 2017.

Experiência em escritório no exterior

Teixeira de Freitas, Rodrigues e Associados – Portugal (2007 a 2008).

Publicações Recentes

Por Eduardo Perazza de Medeiros, Clarissa Freitas e Antonia Quintella de AzambujaApós...[+]
A CVM (Comissão de Valores Mobiliários) publicou no fim de junho quatro novas normas que...[+]
O Parecer de Orientação CVM nº 38, editado no dia 25 deste mês, trata dos deveres...[+]
As companhias abertas registradas na categoria A da Comissão de Valores Mobiliários (CVM)...[+]
A Medida Provisória nº 784, publicada em 8 de junho, trouxe profundas mudanças ao processo...[+]
Muito já se discutiu a respeito das reformas dos segmentos de listagem da B3 (antiga BM&FBOVESPA),...[+]