Especialista em atos de concentração, processos administrativos por infrações à ordem econômica, acordos com o Cade e programas de compliance antitruste. Seu trabalho envolve análise de risco antitruste e elaboração de cláusulas específicas em contratos de M&A, definição de estratégia e condução de atos de concentração complexos perante o Cade. Atua ainda na defesa em casos de cartéis nacionais e internacionais, assessoria a clientes em investigações internas de práticas anticompetitivas e condução de negociações para celebração de acordo de leniência ou termo de compromisso de cessação. Tem experiência nos setores automotivo, de embalagens, farmacêutico, equipamentos médicos, química e petroquímica, energia, papel e celulose, comunicação e tecnologia, entre outros.

Associações

Ordem dos Advogados do Brasil (OAB)
Instituto Brasileiro de Estudos da Concorrência, Consumo e Comércio Internacional – IBRAC (conselheira, de 2011 a 2015, e diretora de Compliance, 2016)
International Bar Association (IBA)

Reconhecimentos recentes

Ranqueada pela Chambers Latin America 2019, em Concorrencial e antitruste.
Reconhecida pelo Lacca Approved em Antitruste, edição 2019.
Recomendada pelo Who’s Who Legal Brazil 2018, como Líderes Futuros em Concorrencial e Antitruste.
Ranqueada pela Chambers Latin America 2018, na área de Direito da Concorrência.
Recomendada pela The Legal 500, edição 2017, em Concorrencial e antitruste.
Reconhecida pelo Latin Lawyer 250, em Concorrencial e Antitruste, edição 2018.

Formação acadêmica

Faculdade de Direito, Universidade de Leiden, Holanda (LL.M. International Business Law, 2003).
Faculdade de Direito, Universidade Federal da Bahia, Brasil (Bacharelado em Direito, 1997).

Outras qualificações

Participou de estágio em comércio internacional na missão diplomática do Brasil perante a Organização Mundial do Comércio (2004)

Publicações Recentes

A atenção que o Cade passou a dar recentemente à troca de informações sensíveis entre...[+]
Há 25 anos, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) era um grande desconhecido...[+]
Ao decidir por unanimidade pelo arquivamento de processo administrativo instaurado para apurar...[+]
O Tribunal Administrativo do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, no...[+]
A manifestação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) sobre o tabelamento...[+]
Há mais de uma década o Banco Central do Brasil (Bacen) e o Conselho Administrativo de Defesa...[+]
O Tribunal do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) deferiu, pela primeira vez,...[+]