Co-head da área de infraestrutura e energia. Representa instituições financeiras, empresas privadas, fundos de pensão e fundos de private equity em uma ampla gama de operações financeiras e comerciais. Com grande expertise em operações de M&A no setor de infraestrutura e energia, concentra seu trabalho em projetos e operações envolvendo investimentos privados em setores regulados, incluindo concessões, privatizações, financiamento de projetos e desenvolvimento de projetos. Também tem vasta experiência em representar os setores público e privado na estruturação e modelagens de parcerias público-privadas (PPPs).

Associações

Presidente da Comissão de Infraestrutura do Instituto Brasileiro de Direito Empresarial (IBRADEMP).
Membro da International Bar Association (IBA)
Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e Associação dos Advogados de São Paulo (AASP).

Reconhecimentos recentes

Ranqueado pelo Chambers Latin America 2016, 2017, 2018, 2019 e 2020, na área de Projetos.
Ranqueado pelo Chambers Global 2018, na área de Projetos
Reconhecido pela Who’s Who Legal 2018, na área de Financiamento de Projetos.
Classificado entre os advogados mais admirados pela Análise Advocacia 500 (2017) em Infraestrutura e Regulatório, Operações Financeiras e Energia Elétrica.
Recomendado pela publicação Latin Lawyer 250, edição 2018, nas áreas de Infraestrutura e Financiamento de Projetos, Societário e M&A, Mineração, Energia e Direito Administrativo.
Recomendado pelo The Legal 500 em Infraestrutura e Financiamento de Projetos, edição 2017.
Reconhecido como “leading lawyer” pelo guia IFLR1000, edição 2018.

Formação acadêmica

Universidade de Virginia, Estados Unidos (Mestre em Direito - LL.M., 2007).
Universidade de São Paulo (Mestre em Direito Comercial, 2006).
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (Bacharelado em Direito, 2002).

Experiência em escritório no exterior

Chadbourne & Parke LLP, Nova York (2007-2008).

Publicações Recentes

Por Taís HirataO modelo de privatização do Porto de Santos poderá ir desde uma abertura...[+]
As joias da coroa da lista de estatais a serem privatizadas pelo governo são Eletrobras e...[+]
Por Thaís HirataO governo federal vai leiloar hoje três terminais portuários - dois...[+]
O governo do estado de São Paulo promulgou, em janeiro, a Lei nº 16.933/2019, que regula...[+]
Com a edição da Portaria GM nº 517/2018, o Ministério dos Transportes, Portos e Aviação...[+]
A Antaq contemplou as principais alterações trazidas pelo Decreto nº 9.048/17 em relação...[+]
Por Mauro Penteado e Rafael VanzellaA greve dos caminhoneiros evidenciou não apenas a dependência...[+]