Rodrigo Seizo Takano

Rodrigo Seizo Takano

Sócio

+ 55 11 3150-7023
Área de atuação

Head da área trabalhista, Rodrigo tem grande competência em questões complexas e estratégicas relacionadas ao direito trabalhista, especialmente em negociações com sindicatos e autoridades trabalhista brasileiras, disputas trabalhistas estratégicas (ações trabalhistas individuais e coletivas), consultoria trabalhista e assistência jurídica preventiva a clientes nacionais e estrangeiros.

Associações

Ordem dos Advogados do Brasil (OAB)
International Bar Association (IBA)
Associação dos Advogados Trabalhistas de São Paulo Associação dos Advogados de São Paulo (AASP)

Reconhecimentos recentes

Reconhecido pela Chambers Latin America 2019, em Trabalhista.
Recomendado pelas edições de 2018 da Latin Lawyer 250, Legal 500 e Who’s Who Legal 2018, em Direito Trabalhista.
Eleito como “Client Choice” em 2016 pelo International Law Office.
Recomendado pela The Legal 500, edição 2017, em Direito Trabalhista.
Classificado entre os advogados mais admirados pela Análise Advocacia, em 2017, na área Trabalhista, Aeronáutico, Comércio, Eletroeletrônicos e Transportes e Logística.

Formação acadêmica

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (Bacharelado em Direito, 1998).
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (Especialista Latu Sensu em Direito do Trabalho, 2001).
Fundação Getúlio Vargas (Curso de Extensão em Negociação - GVPEC, 2002).
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (Mestre em Direito do Trabalho, 2005).

Outras qualificações

Professor Assistente do Curso de Pós Graduação Latu Sensu em Direito do Trabalho do COGEAE da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Publicações Recentes

Com a promulgação da Lei Federal nº 13.467/2017 (Reforma Trabalhista), diversas disposições...[+]
A Medida Provisória nº 808/2017, editada pelo presidente Michel Temer para alterar pontos...[+]
Ao analisar a evolução de novas legislações em todo o mundo, é possível verificar uma...[+]
Por Maria Cristina FriasO MPT (Ministério Público do Trabalho) enviou recomendações à...[+]
Por Flavia LimaEntre os inúmeros pontos deixados em aberto pela queda da MP (medida provisória)...[+]
Por Gilmara SantosCom a iminência da perda de validade da Medida Provisória (MP) 808, que...[+]
O presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira, prorrogou por 60 dias a vigência...[+]