A Celesc Distribuição, subsidiária das Centrais Elétricas de Santa Catarina, emitiu debêntures, em série única, com remuneração equivalente à taxa CDI + 4,50% e prazo de um ano (vencimento em 29 de maio de 2021). O valor captado na oferta foi de US$ 95,1 milhões (R$ 489 milhões em 4 de junho).


O escritório Machado meyer Advogados atuou como consultor de negócios na operação concluída em 29 de maio realizada no mercado brasileiro.


A firma ajudou a Celesc e sua controladora a estruturar a oferta e também assessorou os coordenadores: Banco Santander, Banco Votorantim, Banco Bocom BBM, Banco Fibra, Haitong Banco de Investimento do Brasil, Banco Indusval, Alfa Corretora de Câmbio e Valores Mobiliários e Banco Caixa Geral - Brasil.


A oferta foi aprovada em 22 de maio em uma reunião extraordinária do conselho de administração da companhia. Os recursos líquidos captados serão utilizados pela empresa para reforçar o caixa, segundo comunicado.


A Celesc Distribuição atende consumidores de energia elétrica em 289 municípios do estado de Santa Catarina e no município de Rio Negro, no Paraná, na região sul.


Assessores jurídicos


Assessores da Celesc Distribuição S.A., Centrais Elétricas de Santa Catarina S.A., Banco Santander (Brasil) S.A., Banco Votorantim S.A., Banco Bocom BBM S.A., Banco Fibra S.A., Haitong Banco de Investimento do Brasil S.A., Banco Indusval S.A., Alfa Corretora de Cambio e Valores Mobiliários S.A., e Banco Caixa Geral - Brasil S.A.

 

(Portal LexLatin - 04/06/2020)