Neoenergia Itabapoana Transmissão de Energia S.A. (EKTT 4) realizou a primeira emissão de títulos verdes em uma única série e no mercado nacional por US$ 56,4 milhões (R$ 300 milhões em 23 de abril).


Os títulos pagam juros equivalentes à taxa do IPCA + 4,50% ao ano e foram emitidos por um prazo de 25 anos (vencimento em 15 de fevereiro de 2045).


O escritório Machado Meyer Advogados representou a emissora e a Neoenergia (sua controladora, que atuou como garantidora), na preparação e revisão dos documentos da oferta, finalizada em 15 de fevereiro e concluída em 13 de março. A firma Veirano Advogados auxiliou o Itaú BBA como coordenador líder da emissão.


A empresa Sitawi certificou a emissão e garantiu que está alinhada com os princípios do green bond e com o guia para a emissão de títulos verdes no Brasil.


Segundo o relatório da Sitawi, a empresa utilizará os recursos obtidos para pagamentos futuros e reembolso de custos relacionados à implementação de um projeto de transmissão de eletricidade, considerado uma prioridade pelo ministério de Minas e Energia do Brasil.


No ano passado, a Neoenergia, controlada pela espanhola Iberdrola e operando nos segmentos de geração, transmissão e distribuição de energia, emitiu seu primeiro título verde.


Assessores jurídicos

Assessores da Neoenergia Itabapoana Transmissão de Energia S.A. e Neoenergia S.A.:


Machado Meyer Advogados: Sócios Paulo Markossian Nunes, Adriano Schnur Gabriel Ferreira e Ivandro Maciel Sanchez Junior. Advogados Mario Gomez Carrera Neto e Pedro Pérez Junqueira Sampaio Meirelles.


Assessores do Banco Itaú BBA S.A.:


Veirano Advogados: Sócia Daniela Pellegrino Anversa. Associada Raísa Reggiori Pereira.



Jornalista: ROJAS, Ingrid



(LexLatin - 29.04.2020)